16.02.2020

Fonte: ECO - Economia Online

Portugal falhou prazo de diretiva de lavagem de dinheiro. Quid iuris?

José Maria Corrêa de Sampaio, sócio da Abreu Advogados, e Ana Rita Duarte de Campos, sócia contratada, comentam a falha de Portugal no prazo da diretiva de lavagem de dinheiro em entrevista ao ECO Economia Online. No contexto "Luanda Leaks", as justificações para os atrasos da quinta diretiva europeia de lavagem de dinheiro são ainda mais necessárias e urgentes.esta não transposição da diretiva, faz com que Portugal corra o risco de ser alvo de um “processo por infração” e ver-lhe dirigida uma ação junto do Tribunal da Justiça da UE, por parte da Comissão

Os advogados da Abreu consideram que esta não transposição da diretiva, faz com que Portugal corra o risco de ser alvo de um “processo por infração” e ver-lhe dirigida uma ação junto do Tribunal da Justiça da UE, por parte da Comissão. 

Leia o artigo na íntegra aqui

Por defeito, este site usa cookies.
Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

Saiba Mais