14.08.2019

Fonte: Jornal de Negócios

Download

Luís Gonçalves da Silva comenta indeminização do Estado aos postos prioritários da REPA

O consultor da Abreu Advogados comentou, com o Jornal de Negócios, o direito a uma compensação por parte do Estado pelos custos extraordinários e pela perda de receitas dos postos prioritários da Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA) Exclusiva, no âmbito da greve dos motoristas de matérias perigosas.

Luís Gonçalves da Silva explica que "tendo de indemnizar os privados" o Estado poderá "imputar os danos aos sindicatos e, eventualmente, aos trabalhadores pelo incumprimento dos serviços mínimos".

 

Leia aqui a notícia na integra.

Por defeito, este site usa cookies.
Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

Saiba Mais