Economia Digital, Retalho & Distribuição

Nos nossos dias, as empresas da chamada economia digital encontram-se entre as que têm mais valor no mercado, por vezes ao lado das maiores empresas industriais e instituições financeiras. Este facto relaciona-se com a transformação digital que todos os setores económicos enfrentam e com a inerente alteração dos seus modelos de negócio, cujo foco passa a estar na “hiperconectividade” entre os diferentes players. A relação entre consumidores e a cadeia de produção e fornecimento altera-se substancialmente. Plataformas eletrónicas são hoje importantes intervenientes nas áreas da mobilidade urbana, do turismo, da restauração, da informação, do jogo, do entretenimento online através de streaming. O retalho reinventa-se através de empresas de comércio eletrónico e da incorporação da componente digital entre os canais de comercialização disponíveis. Também a distribuição é afetada pelas inovações tecnológicas e pelo crescimento do comércio eletrónico.

Tendo em conta a sua importante experiência no setor, a Abreu Advogados encontra-se em condições ótimas para assessorar estas empresas não apenas em questões transversais (societárias, comerciais, contratuais, fiscais, de concorrência, laborais, de direito do consumo, entre outras), mas também em problemas específicos ligados à propriedade intelectual, à proteção de dados pessoais, à cibersegurança, à robótica, ou a tecnologias como a inteligência artificial e o blockchain.

Pessoas

Fale connosco


Este site está protegido pelo reCAPTCHA e são aplicáveis as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço da Google.

Conhecimento

Por defeito, este site usa cookies.
Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

Saiba Mais