COMUNICAÇÃO EVENTOS

INSTITUTO DO CONHECIMENTO ABREU ADVOGADOS ATRIBUI PRÉMIO IAB 2017

O Instituto do Conhecimento Abreu Advogados entrega, em cerimónia pública a realizar no próximo dia 6 de Dezembro, os galardões aos vencedores do Prémio IAB 2017, resultantes das candidaturas de dissertações aprovadas em júris universitários nos anos de 2015 e 2016.
Na categoria de Dissertações de Doutoramento o Júri atribuiu o prémio de 6.000€ a Ana Filipa Morais Antunes, que concorreu com o trabalho A fraude à lei no Direito Civil português – Em especial, como fundamento autónomo de invalidade negocial, aprovado em Julho de 2016 na Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa.

Quanto à categoria de Dissertações de Mestrado, foi deliberada a atribuição do prémio de 2.000€ a Vasco Rafael Sousa Vieira, que venceu esta edição com uma tese aprovada em Outubro de 2016 na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra subordinada ao tema Um olhar sobre a suspensão da execução da pena de prisão (Entre o regime geral e as especificidades do Regime Geral das Infracções Tributárias).

A elevada qualidade dos trabalhos candidatos motivou ainda que o Júri decidisse atribuir 5 menções honrosas, 2 nos Doutoramentos e 3 nos Mestrados. Os trabalhos premiados inéditos serão publicados pela Edições Almedina, parceira desde a primeira hora desta realização.

Ricardo Costa, Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e Coordenador do Instituto do Conhecimento Abreu Advogados, congratula-se com o sucesso de mais uma etapa desta iniciativa da Abreu Advogados, considerando que “o Prémio IAB está absolutamente consolidado no intercâmbio entre a ciência jurídica portuguesa e uma grande sociedade portuguesa de advogados”, sendo uma das principais marcas do trabalho de inovação, diferença e qualificação que se desenvolve desde 2012 no Instituto do Conhecimento: “Abrimo-nos ao exterior e o exterior respeitou-nos. Reconhecemo-nos e reconhecem-nos”, conclui. O Júri do Prémio IAB 2017 é composto por personalidades de reconhecido mérito, académico e profissional: Diogo Freitas do Amaral (Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e da Universidade Nova), Jorge Sinde Monteiro (Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra), Benjamim Silva Rodrigues (Juiz Conselheiro Jubilado do Tribunal Constitucional e do STA), Urbano Lopes Dias (Juiz Conselheiro Jubilado do STJ), Luís Fábrica (Professor da Faculdade de Direito da Universidade Católica e Consultor da Abreu Advogados), Paulo de Tarso Domingues (Professor da Faculdade de Direito da Universidade do Porto e Sócio da Abreu Advogados) e Paulo Teixeira Pinto (Consultor da Abreu Advogados).


DELIBERAÇÕES FINAIS:

Doutoramento

Mestrado